Aços para Processamento de Plásticos



São aços que se destinam à fabricação de ferramentas utilizadas no processamento de plásticos/polímeros e borrachas.

Segundo a composição química, podemos dividi-los em dois grandes grupos:
» Aços Inoxidáveis: indicados para o processamento de materiais quimicamente agressivos, para ferramentas que trabalharão em ambientes corrosivos ou que terão contato com alimentos, laticínios, etc.;
» Aços não inoxidáveis: indicados para aplicações em geral ou onde a resistência à corrosão não é primordial.

De acordo com a dureza, também podemos dividi-los em dois grandes grupos:
» Materiais fornecidos já endurecidos: indicados para aplicações em geral onde a necessidade de resistência ao desgaste e dureza/resistência à compressão são medianas. Também são muito empregados quando deseja-se um curto prazo de confecção do ferramental, pois ganha-se o tempo que seria despendido com as operações de tratamento térmico. Também são indicados para moldes com geometrias muito complexas (paredes finas, cantos vivos, acentuadas diferenças de massa, etc), pois elimina-se o risco de deformações, trincas e fraturas durante o tratamento térmico;
» Materiais temperáveis: indicados para aplicações onde as exigências de resistência ao desgaste, à compressão e alta dureza são elevadas.

Suas principais características são:
» Resposta ao polimento;
» Uniformidade de dureza e microestrutura;
» Alta estabilidade dimensional;
» Boa usinabilidade;
» Facilidade de se trabalhar com eletroerosão;
» Facilidade para texturização.

As principais aplicações dos aços para o processamento de plásticos são:
» Moldes para plásticos e borrachas;
» Ferramentas/moldes para a indústria farmacêutica;
» Ferramentas/moldes e componentes para a indústria alimentícia;
» Porta moldes;
» Matrizes e componentes para extrusão de plásticos e borrachas.