Aços para Trabalho a Frio

Estampagem através de "Fine Blanking"

Informações gerais:

O processo de Fine Blanking foi inicialmente utilizado na indústria de relógios, mas hoje em dia cerca de 60% das peças feitas por este processo destinam-se à indústria automotiva.
Peças complexas e com extremas exigências quanto à precisão implicam em grandes desafios. Qualquer pequeno problema pode colocar todo o investimento em xeque, em suma, não deve haver erros.
A característica mais marcante das peças produzidas por este processo é a suavidade/acabamento das bordas cortadas e maior precisão da peça acabada. A grande vantagem é que com isso normalmente consegue-se eliminar as operações de rebarbação.
Devido à tudo isso o grau de complexidade e precisão de uma ferramenta de Fine Blanking é bastante elevado e frequentemente as mesmas inclusive recebem revestimentos superficiais, como o PVD, por exemplo, ou seja, há um grande investimento de tempo e dinheiro e não há espaço para economias em termos do aço ferramenta a ser utilizado.
Escolhendo-se o aço ferramenta adequado, o custo de manutenção é reduzido. Um desempenho das ferramentas mais previsível permite que você planeje a manutenção e evite paradas. Menor tempo de inatividade significa maior produtividade.

Mecanismo de falha:

Neste processo as folgas entre matrizes e punções são bastante apertadas, sendo assim o maquinário deve estar bem alinhado para que não ocorram problemas de lascamento e trincas. Com esta questão resolvida, os principais problemas recaem sobre o desgaste abrasivo e adesivo e sobre a deformação da ferramenta em trabalho.

Propriedades necessárias:

» Alta resistência ao desgaste adesivo;
» Alta resistência ao desgaste abrasivo;
» Alta tenacidade;
» Boa resistência à compressão.