Aços para Trabalho a Frio

Estampagem de aços inoxidáveis e ligas de Al e Cu

Informações gerais:

O material da ferramenta associado ao projeto da mesma é um fator de sucesso que muitas vezes é subestimado. Isto pode influenciar significativamente a vida útil da ferramenta e, portanto, o custo-benefício da produção.

Mecanismo de falha:

Comumente o principal problema no corte e conformação de aços inoxidáveis austeníticos e ligas de Al e Cu é que o material processado costuma aderir nas superfícies das ferramentas logo no início do trabalho. Isso pode criar o que chamamos de “arestas postiças”, ou seja, após um determinado período, não será mais o aço ferramenta que estará em contato com o material processado e sim o próprio material que foi processado anteriormente, gerando problemas de rebarbas, engripamentos e até mesmo quebras e lascamentos, devido aos maiores esforços necessários para a operação e ao acúmulo de tensões.
Um outro problema é que algumas ligas tendem à endurecer (encruar) durante o processo de corte e conformação, o que gera uma maior concentração de tensões no ferramental, podendo leva-los à lascamentos e trincas.

Propriedades necessárias:

» Elevada resistência ao desgaste adesivo;
» Alta resistência ao desgaste abrasivo;
» Alta tenacidade.